terça-feira, 12 de setembro de 2017

IFF Itaperuna tem inscrições para 370 vagas em cursos técnicos e de nível superior até 16 de outubro

Estão abertas, até 16 de outubro de 2017, as inscrições para 3.404 vagas disponíveis no Processo Seletivo e Vestibular 2018 do Instituto Federal Fluminense. Em Itaperuna, há 350 vagas nos cursos técnicos de Administração, Eletrotécnica, Informática, Mecânica e Química, além de 20 vagas no curso superior de Sistemas de Informação. Os interessados deverão comparecer ao campus, que fica localizado na BR 356, km 3, Cidade Nova, Itaperuna, ou acessar o site www.selecoes.iff.edu.br, onde estão disponíveis os editais e os links para inscrição.
Processo Seletivo - Em Itaperuna, há oferta de cursos técnicos nas modalidades Integrado (Administração, Eletrotécnica, Informática e Química), em que o aluno cursa o Ensino Médio junto com a formação técnica, e Concomitante (Eletrotécnica, Mecânica e Química), em que é necessário estar cursando o Ensino Médio em outra instituição ou já tê-lo concluído.
Para o Integrado, podem se candidatar aqueles que tenham concluído o Ensino Fundamental ou que estejam concluindo o 9º ano do Ensino Fundamental no ano de 2017. A exigência para o Concomitante é ter concluído o Ensino Médio ou, no momento da matrícula, estar cursando, no mínimo, o 2º ano do Ensino Médio ou de curso equivalente, conforme orientações do Edital N.º 179, de 04 de setembro de 2017.
As inscrições para os Cursos Técnicos e Nível Médio podem ser feitas AQUI.
Após realizar a inscrição, é necessário fazer o pagamento da taxa no valor de R$ 25,00, por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU). A isenção da taxa deverá ser requerida no ato da inscrição, no período de 12 a 26 de setembro, conforme orientações do Anexo III do edital. O Processo Seletivo para os Cursos Técnicos de Nível Médio será desenvolvido em etapa única que compreende prova objetiva de múltipla escolha, a ser aplicada no dia 03 de dezembro de 2017. O resultado final será divulgado no dia 10 de janeiro de 2018.
Vestibular - São 20 vagas disponíveis no Curso Superior de Bacharelado em Sistemas de Informação no IFFluminense Itaperuna, que tem aulas no turno da noite. Os candidatos precisam ter concluído o Ensino Médio ou estar cursando o último ano em 2017. O pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 65,00 por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU), gerada no momento da inscrição, deverá ser efetuado até o dia 18 de outubro, em qualquer agência do Banco do Brasil. A isenção da taxa, assim como os cursos técnicos de nível médio, deverá ser requerida no ato da inscrição, no período de 12 a 26 de setembro.
O Concurso Vestibular 2018 – 1.º Semestre será realizado em duas fases: primeira fase no dia 26 de novembro; e segunda fase, no dia 17 de dezembro, conforme informações do Edital N.º 180, de 04 de setembro de 2017.
As inscrições para o Concurso Vestibular podem ser feitas AQUI.
É importante que candidato leia atentamente todo o edital antes de realizar a inscrição. O candidato que apresentar dúvidas relacionadas às inscrições poderá enviar e-mail para: atendimentoaocandidato@iff.edu.br.

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

SITUAÇÃO DOS CURSOS DE MEDICINA É PÉSSIMA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Matéria do jornal O GLOBO, desse último sábado, mostra as notas dos cursos de medicina, nas faculdades do Estado do Rio de Janeiro. O próprio jornal chamou as notas de insatisfatórias. A avaliação é do ENADE, portanto, é um índice oficial de medição da qualidade dos cursos.

Clique na foto para ampliar

domingo, 23 de abril de 2017

ÚLTIMAS VAGAS DE TREINAMENTO PARA VEREADORES DO COTEF

Não é difícil influenciar na Câmara de Vereadores, atuar com desenvoltura propondo leis e fiscalizando o Poder Executivo com eficiência. A reeleição depende de sua atuação como vereador. Para melhorar sua performance, nada melhor do que receber treinamento eficiente. O trabalho do COTEF é referência e já foi um enorme sucesso, com a participação de vereadores de vários Estados do Brasil.

Não fique de fora dessa segunda turma. Ligue agora para o COTEF no telefone (21) 2440 7856, informações também podem ser obtidas no site www.cotef.com.br

segunda-feira, 20 de março de 2017

TREINAMENTO PARA VEREADORES!

Este evento, organizado pela COTEF visa treinar os vereadores brasileiros para que exerçam um mandato de excelência.

PROGRAMA:
Módulo I – Aspectos gerais
  1. O que é o Poder Legislativo Municipal
  2. Noções da Lei Orgânica Municipal
  3. A importância do regimento interno da Câmara Municipal
Módulo II – Propondo leis e preparando indicações
  1. Como elaborar um projeto de lei municipal.
  2. Como preparar boas indicações e obter atendimento do Poder Executivo
Módulo III – O Poder de Fiscalização do Vereador
  1. O vereador atuante e a fiscalização do Poder Executivo
  2. A análise dos balancetes e da prestação de contas
  3. O envio de denúncias ao Ministério Público e ao TCE
Módulo IV – Participação do vereador em comissões da Câmara Municipal e no plenário
  1. Como atuar nas comissões e tornar-se um vereador influente na Câmara Municipal
  2. As comissões parlamentares de inquérito, CPI e a investigação dos crimes praticados por prefeitos e secretários
  3. Noções de improbidade administrativa
  4. O que é falta de decoro e imunidade parlamentar
Módulo V – Oratória
  1. Como preparar bons pronunciamentos na Câmara Municipal
  2. O comportamento do vereador e a reeleição
  3. A liberdade de pronunciamento do vereador
  4. Os contatos do vereador com a imprensa
  5. O vereador atuante nas redes sociais
  6. Noções de transparência pública.


sábado, 18 de março de 2017

segunda-feira, 13 de março de 2017

HOSPITAL DE BOM JESUS RECUPERA-SE APÓS LONGA CRISE

As informações vindas da cidade de Bom Jesus do Itabapoana, região Norte do Estado do Rio de Janeiro, dão conta de que o HOSPITAL SÃO VICENTE DE PAULA está sendo recuperado e mostra saúde financeira e de gestão.

O blog Miracema e o BNB vão noticiar a saga do HSVP nas próximas semanas.

quinta-feira, 9 de março de 2017

CURSO DE DIREITO DA REDENTOR É O MELHOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Faculdade é motivo de orgulho para os dois municípios fluminenses
Redentor de Campos
Das 2.625 instituições de Ensino Superior do Brasil, a Redentor a de número 139 (dentro das 5,3% melhores);
Dentre as Faculdades: 85ª do Brasil;
No Estado do Rio: a 20ª.
Redentor Itaperuna
Nas IES, É a de número 71 ( dentro das 2,7% melhores);
Nas faculdades:40ª do Brasil;
No Estado do Rio: 12ª.
POSIÇÕES DOS CURSOS
Direito (Itaperuna):
Em 1.066 cursos avaliados do Brasil, 6º melhor (0,56%)
Em 80 cursos do Estado do Rio,  lugar
Administração (Itaperuna):
Em 1806 cursos avaliados do Brasil, número 125 (6,92%)
Em140 cursos do Estado do Rio, somos o 16º melhor
Tecnólogo em Marketing (Campos dos Goytacazes):
271 cursos avaliados do Brasil:  número 24 (8,85%)
21 cursos do Estado do Rio: 6º melhor.

terça-feira, 7 de março de 2017

UNIG COM PROBLEMAS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

O Ministério da Educação (MEC) acredita ser ainda maior que o esperado o número de faculdades irregulares em Pernambuco. Até o momento, dezesseis instituições já foram apontadas pelas investigações realizadas pelo órgão. São elas: Fadire, Funeso, Faisa, Isel, Unig, Isef, Isep, Faec, Flatec, Flated, Flaterj, Ieduc, Cenpi, Iesa, Instituto Belchior e Faculdade Anchieta do Recife. 

"Dado o volume de diplomas registrados na Unig (83.733), estima-se que existam muito mais instituições envolvidas", diz o relatório entregue na manhã desta segunda-feura à Comissão de Educação e Cultura da Assembleia Legislativa do Estado (Alepe). Ainda segundo o MEC, a maioria dos alunos lesados eram do curso de pedagogia.

A audiência pública teve início àss 9h, no Plenário da Alepe, e foi solicitada pela presidente do colegiado, deputada Teresa Leitão (PT), que também foi relatora da CPI das Faculdades Irregulares. No ano passado, a CPI entregou um relatório em que eram apontadas compra e venda de diplomas e o prejuízo para mais de 20 mil pessoas que sonhavam com a formação de nível superior. De acordo com Teresa Leitão, o Ministério da Educação fez uma investigação a partir do relatório elaborado para a CPI. “É importante que tenhamos acesso às conclusões do MEC para darmos uma efetiva satisfação à sociedade”, informou a parlamentar. 


Com informações do Diário de Pernambuco