sexta-feira, 8 de julho de 2011

EXCLUSIVO: ENTREVISTA COM O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MIRACEMA


Hoje o blog traz uma entrevista exclusiva com o Secretário Municipal de Saúde, o odontólogo Marcelino Tostes Padilha Neto. As perguntas foram feitas pensando no usuário do SUS e principais interessados na melhoria das condições de saúde no município. O secretário ainda aproveita para esclarecer o caso da ambulância de Paraíso do Tobias, que foi comentado esta semana no blog do Pablo Calor e que já está resolvido. Na foto, Ivany Samel e Marcelino Padilha.

1) O senhor assumiu a Secretaria Municipal de Saúde há poucos meses. A população afirma que muita coisa mudou. Quais ações o senhor tomou para mudar tanto em tão pouco tempo? Sua condição de funcionário efetivo da Secretaria Municipal de Saúde influiu nessa mudança?

Temos nos esforçado para trabalhar em conjunto com os funcionários e o povo em geral na construção da Saúde que queremos; é uma conquista diária, experiências sendo colocadas em prática para facilitar acolhimento e a humanização da Saúde. Claro que temos absoluta certeza de que não resolveremos tudo e nem temos essa pretensão: mas o caminho tem que ir sendo construído de forma participativa e sempre avançando; tropeçamos várias vezes e temos sempre humildade para votar e buscar novas saídas. Trabalhamos sempre com verdade e ouvindo as necessidades. Acho que o fato de ser funcionário da Secretaria Municipal da Saúde foi um fator a mais na busca desse diálogo de construção: fui recebido de forma especialmente cordial por parte dos funcionários e nada teria sido possível se não nos propuséssemos a formar uma equipe.

Aproveito essa primeira resposta para humildemente me desculpar com a população de Paraíso do Tobias pelo equívoco que íamos cometendo em relação ao atendimento da Ambulância: achávamos que seria compatível o atendimento do Pronto Socorro também nas emergências daquele distrito. Ouvimos a voz do povo e, numa conversa com o motorista de lá, combinamos o retorno do atendimento que passa a ser absolutamente igual ao que era antes. Aos poucos acharemos uma forma de manter este atendimento sem prejuízo para o funcionário, até mesmo porque foi feito um Concurso agora e certamente serão chamados motoristas para suprir nossas necessidades.

2) O senhor disse, recentemente, que quando entrou, ouviu que seria primeiro aplaudido e depois criticado. Logicamente que o senhor tem consciência de que, qualquer homem público, está sujeito a isso: aplausos e críticas. Quem é maior conselheiro, o aplauso ou a crítica?

Na verdade ouvi que receberia aplausos e depois seria crucificado. Certamente não assumi a Secretaria objetivando uma coisa ou outra. Recebi convite do Prefeito para trabalhar na Promoção da Saúde da População de Miracema, principalmente dos mais pobres. Tenho consciência de que o cargo é passageiro e responsabilidade para exercê-lo com dignidade e buscando propostas e soluções para os desafios que se apresentam. Meu conselheiro não é o aplauso ou a crítica: é o usuário do SUS. Gosto muito de conversar, ouvir as pessoas, ver seus anseios, suas histórias pessoais. E claro que o Prefeito Municipal, os funcionários da Secretaria, os prestadores de Serviços e o Conselho Municipal de Saúde muitas vezes trazem as respostas para as angústias de quem trabalha nessa área. Diferente do que muitos imaginam, não somos uma Secretaria de Problemas, somos sim, busca de Soluções.

3) Como tem sido a relação entre a secretaria e o Conselho Municipal de Saúde? O Conselho, segundo um ex-secretário, atrapalha mais do que ajuda. Qual sua opinião sobre isso?

Para mim o Conselho é o tambor, a voz e o grito dos usuários de Saúde. Nossa relação é hoje de cordialidade, respeito e muita parceria: convido-os sempre (e eles a mim) a participar principalmente dos momentos mais difíceis para resolução de dificuldades. Nos divergimos em algumas ocasiões mas nunca perdemos o foco que é o usuário do SUS. Agora mesmo acabamos de reformar uma sala especialmente para os trabalhos do Conselho e tenho orgulho de ter participado deste empreendimento. Jamais o Conselho vai atrapalhar o andamento da Secretaria, mesmo porque o Conselho é peça fundamental na dinamização de nossos trabalhos e merece respeito e credibilidade, já que se constitui dos representantes da comunidade na elaboração de propostas e fiscalização da aplicação dos recursos oriundos das esferas Federal, Estadual e Municipal. Aproveito então para parabenizar o Sr Marcos Moura recentemente eleito para presidir o novo biênio do Conselho.

4) Outro grande problema na área da saúde é a distribuição de medicamentos. Como funciona o novo sistema, implantado em sua gestão, para fornecimento de medicamentos a pacientes carentes? Há grandes filas?

Com toda dificuldade de administração dos recursos, tentamos manter a Farmácia Básica. A carência nesse setor é muito grande. E importante lembrar aqui que as verbas já vem especificamente dirigidas para certos tipos de gastos: não se pode comprar medicamentos com verbas de outros programas - e vivemos então o dilema de muitas vezes não suprir as necessidades daqueles que procuram medicamentos. Temos tentado comprar os medicamentos diretamente dos laboratórios ou Distribuidoras de Medicamentos, onde comparamos preços e podemos melhor comprar... isso às vezes atrasa um pouco a entrega, dificulta o imediato atentimento... mas geralmente dá certo. Em alguns casos compramos diretamente das farmácias da cidade, quando a emergência se faz necessária. E também no aviamento dessas receitas fazemos parceria com a população fornecendo o medicamento de acordo com avaliação de um farmacêutico especificamente para essa função. O atendimento é rápido e faz parte do Serviço Social da Saúde que implantamos onde também atendemos exames de média e alta complexidade, consultas fora do domicílio, cirurgias, etc.

5) Quais ações efetivas já foram concluídas após sua posse? E ações previstas para os próximos meses?

Transferimos para a Fundação Leão XIII, o Centro Odontológico Dr Juscelino Motta, com novas e modernas instalações, dando conforto e privacidade nos atendimentos aos nossos pacientes. O espaço foi então ocupado pelo Serviço Social da Secretaria de Saúde, onde prestamos os serviços já descritos na resposta anterior. Separamos o CASM (Centro de Atendimento à Saúde da Mulher) do Pronto Socorro Municipal, objetivando também dar maior identidade ao Atendimento: e a equipe está super motivada e exercendo um trabalho digno e motivo de orgulho para nossa comunidade. Procuramos melhorar as instalações e manutenção dos equipamentos de nossas unidades. Estamos já na fase final de uma adaptação para um serviço específico para a imunização (Vacinas), Atendimento a Crianças Baixo Peso, Consultas Pediátricas, Curativos e outros procedimentos, um atendimento exclusivo para nossas crianças, de forma também mais humanizada. O Pronto Socorro Municipal vai receber no próximo semestre uma sala de atendimento emergencial com equipamento de ponta, dando ainda melhor qualidade em nossos atendimentos. Temos já em fase final de licitação investido na compra de novos veículos para melhoria na qualidade de transporte de nossos pacientes. Investimos constantemente na capacitação de nosso pessoal, procurando promover nossas ações numa Saúde Pública com mais qualidade e mais acessível à nossa população.

Agradeço a oportunidade de responder essas questões e dizer a todos os miracemenses que estamos lá na Secretaria sempre de braços abertos para recebê-los, sempre querendo acertar! Tenho tido total apoio do Prefeito em minhas ações, assim como parceria de Vereadores, Secretários, Associações de Moradores, Prestadores de Serviços de Saúde, Servidores Públicos da Saúde; as críticas são sempre benvindas e humildemente analisadas, quero-as sempre, mesmo que escondidas em anonimato. Não se preocupem que recebo também muito carinho da maioria dos que me procuram na busca de um atendimento. Estou feliz com o que faço e tenho procurado compartilhar sempre isso com todos que trabalham comigo - sem a ajuda deles nada seria possível. Que até mesmo os erros que tenhamos cometido sejam tidos como parte da construção que procuramos: não sou nada além de mais um na busca de um serviço público melhor e mais digno; não construí nada novo senão sobre tudo o que meus antecessores fizeram. Homenageio-os tendo forças para dar um passo a mais, somente isso! Saúde para todos!

4 comentários:

Pablo disse...

Caro Dr,

Uma pequena correção: O nosso comentários foi sobre a ambulância de Paraíso do Tobias e não de Venda das Flores.

Abraços!

Miracema disse...

Caro Pablo,

Já corrigido, obrigado.

abçs

José Souto Tostes

Custódio disse...

esta entrevista calou a boca de muita gente em miracema,, parabens marcelino!!parabéns ivany!!

Anônimo disse...

O SECRETÁRIO ESTÁ DE PARABÉNS, MELHOROU TUDO MESMO!!

JANETH