segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

VOCÊ JÁ PRECISOU DE UM "ORELHÃO"?


São duas as perguntas: você já precisou de um orelhão recentemente? Encontrou facilmente um funcionando?

Eu respondo por mim: precisei semana passada. E custei encontrar um funcionando no centro de Miracema.

Mas segundo relatos encontrados aqui na internet mesmo, o problema dos orelhões é nacional. Em todo o país há dificuldade de encontrar um orelhão funcionando corretamente. Interessante é que o novo Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, entrou o mandato de Dilma discutindo banda larga, internet gratuita e outros problemas das teles. Esquece o arroz com feijão, o mais fácil, o apagão do telefone público e de baixo custo. Isso porque quase 100% da população tem celular, mas esta mesma população paga uma tarifa altíssima para uso do pré-pago (pago antecipadamente e mais caro). E, nem sempre, tem condições de comprar um cartão de recarga.

Por isso, a hora é agora, vamos reclamar e impor a discussão do problema dos orelhões, de sua conservação e manutenção pelas concessionárias de telefonia.

Um comentário:

Miracema disse...

Tem um anônimo dizendo que o orelhão não foi jogado ali pela Oi, tudo bem. Mas eu pergunto: quem abandonou o orelhão?

Ela deveria cuidar do patrimônio dela. Entre no Google e faça um teste e verá que só existem fotos de orelhões da Oi abandonados, poucos de outras empresas.

abçs

José