quarta-feira, 11 de outubro de 2017

MIRACEMA PERDE UM DE SEUS MAIORES JORNALISTAS: RENATO MERCANTE

O jornalista miracemense José Renato Martins Mercante acaba de falecer na cidade de Itaperuna, onde estava internado há alguns dias, após passar por uma cirurgia no cérebro, necessária devido a um acidente vascular cerebral que sofreu em Miracema.

José Renato, conhecido como Renato Mercante era casado com a professora Cintia Lara e deixou três filhas, genros e netos.

Nascido em Miracema, foi um dos precursores nos microfones da Rádio Princesinha do Norte, mas sua carreira passa pelos grandes jornais brasileiros, dentre eles o Jornal do Brasil e jornais regionais,como a Folha da Manhã de Campos, onde chegou ao cargo de editor chefe.

No Poder Público, Renato foi assessor de imprensa de diversos políticos fluminenses, além de personalidades do Estado de Minas Gerais. Ocupou o cargo de Secretário de Imprensa da Prefeitura de Araruama e de Diretor de Comunicação da Prefeitura de Miracema, na gestão do ex-prefeito Ivany Samel do PMDB.

Fundou e dirigiu o jornal O Tempo, de Miracema, que chegou a ter tiragem semanal. Também trabalhou em rádios e jornais da região.

Renato foi professor em Miracema, participou de várias entidades sociais e associativas. As atividades culturais também fizeram parte de sua biografia, com a participação na organização de eventos e projetos nessa área.

Uma de suas últimas atividades foi a sociedade numa empresa de sonorização, junto com o primo Evandro Mercante.

A cidade está enlutada e triste com sua morte prematura.

4 comentários:

TADEU MIRACEMA disse...

Ficamos órfão de mais um miracemense ilustre. Descanse em paz!

Ernani Rocha disse...

TRISTE NOTICIA. CONDOLENCIAS A FAMILIA

Casa das Massas de Pádua disse...

VAI NA LUZ SCHAL, APELIDO CARINHOSO QUANDO ESTUDÁVAMOS E MORÁVAMOS EM NITERÓI E NOSSO AMIGO GOSTAVA DE DEDILHAR UMA CRAVIOLA. AFINAL, NOSSO PRAZO DE VALIDADE UMA HORA VENCE. VOCE VAI PRIMEIRO. QUANDO TIVERMOS UMA OPORTUNIDADE NO ENCONTRAMOS NESSE OUTRO PLANO. MEUS SENTIMENTOS À FAMÍLIA. GILMAR

R Thompson disse...

Somente hoje fiquei sabendo do falecimento do jornalista Renato Mercante, do jornal O Tempo e da rádio Princesinha, de Miracema. O conheci em 1988, juntamente com meu grande amigo, o médico, Dr. Adalberto Caveari Albino. Entre 1991/1992, pude trabalhar com ele, representando O Tempo em Itaocara. Era um homem ético, pessoa das mais inteligentes. Lembro que não gostava de longas reuniões, onde se fala muito e não se resolve nada. Preferia a conversa direta, sem tergiversar. Possuía personalidade forte, mas não abria mão de tratar o próximo com máxima educação. Apesar de havermos nos distanciado, ele deixa comigo grande admiração. Sem dúvida o jornalismo da região empobrece sem o Renato. Meus pêsames aos familiares.