quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

VOCÊ SABE QUANTOS VEÍCULOS TEM EM MIRACEMA?


O blog foi buscar na fonte e descobriu que a cidade de Miracema tinha, em novembro de 2011, 7.342 veículos. Em 2010 a cidade fechou o ano com 6.710 veículos registrados no DETRAN. Em 2009 eram 6.204 veículos de todos os tipos e modelos. De 2009 até hoje o número de veículos registrados e emplacados em Miracema aumentou em 1.138 novos veículos emplacados.

Muito desse aumento se deve à instalação de uma unidade do DETRAN em Miracema, que além do emplacamento, realiza serviços de transferências, habilitação e carteira de identidade.

Se comparado com cidades vizinhas, Miracema tem uma boa frota. Veja os exemplos de Porciúncula e Natividade, que contam, respectivamente com frotas bem inferiores à de Miracema. Porciúncula tem 2.811 veículos e Natividade 3.821. A população é equivalente.

Mas se compararmos Miracema com Itaocara, mesmo com população equivalente, notamos que em Itaocara existe um frota muito maior, com 9.611 veículos registrados. Já Santo Antônio de Pádua, cuja população é maior que a miracemense, conta com frota de 15.413 veículos registrados no DETRAN. Laje do Muriaé, com população inferior, tem uma frota de apenas 1,410 veículos.

No ano de 2011, até novembro, foram emplacados 482 veículos em Miracema, superando 2010, que durante os 12 meses, emplacou 416 veículos, contra 447 em 2009. A tendência é que 2011 supere ainda mais os anos anteriores, já que agora a cidade tem a representação do DETRAN, facilitando o emplacamento na cidade e gerando receita para investir em Miracema.

Em 2011 foram transferidos, para Miracema, serviço que o DETRAN também faz aqui, cerca de 921 veículos, até novembro. Também um número muito maior se compararmos com os anos anteriores, 894 em 2010 e 774 em 2009.

4 comentários:

Anônimo disse...

Esses dados vem confirmar definitivamente a importância da presença do Estado no Município através de parcerias, Governo Municipal e Governo Estadual, onde todos saem ganhando, desde a geração de novos empregos ao conforto dos proprietários que não necessitam mais sair de Miracema para emplacar ou vistoriar anualmente seus veículos.
Hoje tem varias auto escolas aguardando publicação no Diário Oficial para iniciarem suas atividades no Município, é mais concorrência, é mais empregos e certamente a população miracemense terá sua habilitação para dirigir por um preço menor do que o praticado atualmente.
Encontrar-se também em fase de credenciamento uma Clinica Médica para realizar os exames médicos todos em Miracema.
Que isso sirva como reflexão para a população ver o quanto Miracema perdeu nesses últimos anos ao se isolar do governo do Governo Estadual.
Vereador Paulinho Azevedo

Luiz Carlos Martins Pinheiro disse...

Amigo José

Se considerarmos o quanto os automóveis têm contruido negativamente à nossa qualidade de vida, não sabemos se isto é uma glória ou uma lástima.

Vicariamos muito eufóricos se o uso da bicleta como meio regular de transporte em Miracema e demais municípios estivessse amplamente adotada.

Abraços, saúde e Paz de Cristo.
Luiz Carlos/MPmemória.

jlsilva disse...

Caro Dr. Souto,
Antecipadamente meus votos de um ÓTIMO 2012.
Sobre o assunto em pauta penso que é chegada a hora de um amplo estudo para o trânsito em nossa cidade, naturalmente feito por especialista, pois talvez teremos necessidade de mão única em muitas ruas, como na Av. Eiras onde moro, o trânsito de veículos ali fica bastante complicado em certas horas do dia.
Aproveito a oportunidade para emitir minha opinião quanto a última resolução do CONTRAN que, desobriga a colocação de placas indicativas de radares. Poxa! São muitos radares e as velocidades permitidas baixas demais, qual será o propósito? Alimentar a chamada indústria de multas? Dá a impressão que sim, pois não vemos boas propostas governamentais como alternativas para desestimular o uso do automóvel, para isso, deveriam investir em transportes coletivos de alta qualidade (ônibus, trens urbanos etc), bem como, construção de novas rodovias e ferrovias que, deveriam ser tão boas como as existentes nos países desenvolvidos. Muitas dessas rodovias poderiam ser vias expressas sem controle de velocidade; outra boa proposta para se evitar o trânsito dentro das cidades será construir estradas de contorno na maioria das cidades brasileiras. Aqui só se pensa em multar, sem falar nos famosos quebra-molas.
Não tenho certeza, mas acho que o quebra-molas foi invenção nossa. Será que também irão colocar quebra-molas nas pistas de pouso e decolagem nos nossos aeroportos? Multar os aviões por excesso de velocidade? Brincadeira.
Nossas rodovias são por demais esburacadas, parecendo que são assim de propósito, pois durante todo o ano temos a chamada operação tapa-buracos. Isso interessa a quem? Lógico que não aos proprietários de veículos, pois eles pagam taxas caríssimas para o uso de vias rodoviárias de terceiro mundo. Aliás, que coisa estranha os pedágios cobrados na BR 101, trecho Campos divisa - E.S e essa da estrada Itaboraí – Venâncio, apenas colocaram as cabines, praticamente nada fizeram e começaram cobrando pedágio. Vergonha!
Abrs.

Miracema disse...

Caros Amigos,

Excelentes visões do mesmo assunto. Não há dúvidas, caro vereador Paulinho Azevedo, que a presença do Estado só engrandece Miracema. Só nessa gestão do prefeito Ivany Samel tivemos passos importantes no aumento dessa presença, vide o próprio DETRAN, a FAETEC, o RIOPREVIDÊNCIA, O SINE e outros projetos importantes trazidos para Miracema.

Quanto à afirmação do Luiz Carlos também concordamos, mas o que se quis enfatizar é que muitos desses veículos, antes eram emplacados em outros Estados, em nada contribuindo com a cidade. Havendo, assim, grande perda de receitas locais.

Já a afirmação do José Luiz (da EMOP) é importantíssima, temos que discutir, cada vez mais, as melhorias no trânsito. Lógico que muito melhorou, com a LEI SECA e o reequipamento da própria POLÍCIA MILITAR, mas muito ainda existe para evoluirmos.

Obrigado pelos comentários.

abçs

José Souto Tostes