quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

HOSPITAIS NÃO PODEM COBRAR PELO USO DE TELEVISÃO

Veja notícia divulgada hoje pela assessoria de imprensa da ALERJ:

"Hospitais e Clínicas particulares localizados no estado não poderão cobrar pelo uso de televisores e geladeiras em quartos e suítes. É o que determina o projeto de lei 2.286/09, do ex-deputado Armando José, que a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou nesta quarta-feira (09/02), em segunda discussão, e envia para sanção do governador Sérgio Cabral. A proposta, que terá 15 dias úteis para ser vetada ou se tornar lei, estabelece multa de mil Ufirs em caso de descumprimento. “Quarto particular e suíte já inclui benefícios especiais, e, paga-se pelos mesmos, quer seja no aspecto particular ou por plano de saúde”, alega o autor."

5 comentários:

Anônimo disse...

Já era hora.

Celso disse...

Oriente seus leitores corretamente, pois a Lei ainda não foi aprovada. Pelo título sensacionalista, o projeto de lei parece já ser obrigatório.

Luiz Carlos Martins Pinheiro disse...

Caro José

Ficam à interferir desnecessariamente na prestação de serviço de saúde por entidades particulares.

Cortezia demagógica com o chapéu alheio.

Se isto não se obriga às instituições públicas, qual a razão de obrigar às particulares. Obviamente todos os seus custos têm que ser repassados aos pacientes. Isto através de planos de saúde é impraticável

O que é um hospial ou uma casa de saúde se não um hotel muito especializados. Os outros são obrigados a tal?

É uma questão que normalmente se resolve mediante a pressão dos pacientes. Em algus lugares inclusive levando seu televisor. Ouutros oferecem o aparelho, mas, em geral, com programação e imagens péssimas e não raro estão com defeito.

Parece brincadeira que o governo que não consegue cumprir suas obrigações com a saúde pública, ainda, se julgue com moral para dita-las aos estabelecimentos particulares.

Existe coisa muito mais importante como a obrigação dos planos de saúde oferecerem anestesistas, que não raro cobram até mais que o plano paga ao próprio cirugião e depois se é reembosado por muito menos. Este pagamento é feito em espécie, tão logo terminado o procedimento. Outro absurdo, pois, o reembolso pelos planos não se fazem com menos de um mês depois.

Abraços, saúde e Paz de Cristo.
Luiz Carlos/MPmemória.

Jos� disse...

Celso,

Meus leitores sabem todos ler.Os que não sabem eu dispenso a visita.

abçs

José

Anônimo disse...

ALGUEM SABE DIZER SE O HOSPITAL DE MIRACEMA E A CASA DA SAUDE COBRAM???