terça-feira, 25 de janeiro de 2011

ITAÚ I:A DECEPÇÃO


Hoje fui ao Itaú sacar uma quantia em dinheiro para pagar uma conta. Entrei, já passavam das 16 horas, poucas pessoas nos caixas eletrônicos. Tudo transcorreu normal até que o dinheiro seria liberado, mas não foi. Como haviam vários funcionários no banco, bati no vidro e um deles veio me atender. Infelizmente ele não pode fazer nada, mas foi aos caixas, que também nada resolveram. Uma das funcionárias, que ainda não identifiquei, veio até o vidro e falou que eu deveria usar o telefone, porque eles já haviam fechado o caixa e nada poderiam fazer.

Eu fiz a ligação pelo telefone da própria agência e fui logo atendido, onde registrei a reclamação. A funcionária do banco, no vidro, disse que na mesma hora eu seria ressarcido, informação que no telefone não foi confirmada. Várias pessoas assistiram aquilo assustadas com o constrangimento.

Diante da má vontade da funcionária do caixa, fui à Delegacia Legal e registrei o fato, para que futuramente não seja prejudicado. Depois do registro, entrei aqui na internet e detectei que o fato é mais comum do que se pode imaginar. Ou seja, os clientes, apesar de pagarem muito caro para usar os caixas eletrônicos ainda são lesados.

Algumas perguntas ficam sem resposta:

1) Porque a funcionária do caixa ou alguém do banco não tomou alguma providência, afinal, se eu estava sacando dinheiro era porque precisava dele. Ou alguém vai no banco por esporte?

2) Porque não existe uma forma do problema ser resolvido imediatamente. Se eu saco R$1 lá no Japão, imediatamente, aqui no Brasil, o dinheiro sai da minha conta. Será impossível saber quanto existe num caixa eletrônico?


3) Porque não se registra a situação para segurança de todos? Quem me garante que o banco vai fazer prova contra ele e devolver o dinheiro, que consta como sacado da minha conta?

4) Porque, as muitas pessoas lesadas com fatos semelhantes, não fazem absolutamente nada? Eu ouvi hoje mais outras três ou quatro pessoas que garantem ter passado por situação exatamente igual. Inclusive dentro da própria delegacia, onde fiz o registro.

3 comentários:

cave@ri disse...

Souto, quando vamos a um banco, não estamos cercados de cameras?? nao existem cameras até nos proprios caixas eletronicos?? porque nao usam essas mesmas imagens para ver se vc realmente não sacou o dinheiro. E o dinheiro nessas maquinas não é controlado, contado??
Mantenha-nos informados do caso. É de suma importancia esse tipo de informacao.
abracos

Renato Caveari

Anônimo disse...

Sou solidária...isso é um absurdo, além de serem agiotas legalizados eles pintam com a gente.
abç,

Liah disse...

Os bancos só ganham e nada fazem para melhorar as condições para os clientes.Abusrdo!