segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

LIÇÕES DA TRAGÉDIA PARA MIRACEMA

A tragédia ocorrida no Rio Grande do Sul não guarda relação nenhuma com Miracema. Podemos afirmar isso? Obviamente que não. Nossa cidade tem casas de shows, realiza eventos todos os anos e várias festas integram nosso calendário municipal. Nunca fomos vitimados por nada parecido.

Mas sempre que possível devemos ficar atentos aos fatos e situações visando evitar problemas como esses, que nos dizem sim, muito respeito.

Uma das situações mais imperiosas é analisar as responsabilidades conjuntas do Corpo de Bombeiros e prefeitura, que são os responsáveis por autorizar o funcionamento desses estabelecimentos.

Mas tais autorizações (via alvarás) também são obrigatórias em escolas, prédios públicos e outros imóveis que abrigam grande quantidade de público. Até as igrejas devem obedecer tais regras. E veja que ao longo dos anos, os imóveis vão ganhando novas características e adereços que tornam e provocam mudanças que afetam também a segurança dos usuários. Vide a instalação de aparelhos de ar condicionado no nosso tradicional Clube XV e também na igreja de Nossa Senhora Aparecida. No caso da sede social do clube, ela foi projetada para funcionar aberta, com as portas facilitando o acesso por várias entradas. Hoje, com o ar condicionado, mudou essa forma de acesso.

Já a boate do Clube XV também vem sofrendo modificações e obras nos últimos anos. Será que estão sendo seguidas as regras de segurança exigidas em lei? Esperamos que sim.

Há alguns anos atrás, um chefe do Corpo de Bombeiros provocou uma série de transtornos em toda a região, exigindo modificações que atingiram até mesmo o parque de exposições de Miracema. Suas ações foram tidas como "não simpáticas" por várias pessoas da cidade, para não falar outros adjetivos.

Será que esse mesmo profissional teria aprovado o funcionamento da boate em Santa Maria? Creio que não.

Que fique esse alerta e essas reflexões....PARA QUE OS PAIS E MÃES DE MIRACEMA POSSAM DORMIR MAIS TRANQUILOS!!

17 comentários:

Anônimo disse...

Quero alertar, que não é só o ALVARÁ MUNICIPAL.

Anônimo disse...

Dr. José, muitos acham que só o ALVARA MUNICIPAL, é o SUFICIENTE.

Anônimo disse...

O COLEGIO CENECISTA TEM ALVARÁ? EU SOBE QUE NÃO TEM

Anônimo disse...

Falando em COLEGIO CENECISTA. E O COLEGIO SÃO JOSE TEM? Não sei como o espaço foi transformado em COLEGIO.

kvari disse...

Mais uma coisa: não adianta ter alvará se as pessoas que trabalham nesses ambientes não saibam utilizar os equipamentos de combate a incêndio e as rotas de fuga para que na hora do acontecimento possam instruir as pessoas - se bobear são os primeiros a sair - e também se os equipamentos contra incêndio então funcionando, dentro da validade e em locais de fácil acesso.
Sou técnico em segurança do trabalho e vez o outra estou oferecendo - até mesmo à Prefeitura - instrução de Primeiros Socorros e combate a incêndios - até de graça - e só dei uma (01) palestra sobre o assunto para a associação Espírita Paz e Harmonia (presidida pelo Sr. Ademir (Fonte Viva)).
Quando houve problema de uma criança morrer engasgada numa creche, ofereci no colégio do meu filho para as professoras. A diretora ficou de saber da secretária e nada - de graça, tá.
Agora mais uma vez acontece uma tragédia que poderia ter sido evitada ou amenizada com o correto apoio de autoridades e pessoas preparadas.

José disse...

Informação do blog. Note-se que foram feitos dois comentários sobre colégios de Miracema. Ambos estão questionando a existência de alvará nesses estabelecimentos. Ninguém afirmou nada, apenas perguntou.
E perguntar não ofende.
O blog não fez nenhuma afirmação sobre tais casos.
Obrigado.

José Souto Tostes

Anônimo disse...

Doutor José Souto, continue batendo nesta TECLA, para ver se algum ORGÃO COMPETENTE, passa inspecionar essas ENTIDADES. " QUEM SABE FAZ A HORA NÃO ESPERA ACONTECER".COMO O Sr. disse: Ninguem está afirmando NADA. Só perguntando.

Anônimo disse...

KAVARI, ISSO QUANDO TEM. Aposto que não tem ninguem preparado para qualquer tipo de risco que possa OCORRER. No máximo, é sair correndo com o ALUNO para o PRONTO SOCORRO.

kvari disse...

Anônimo. Não tem uma data. Foram diversas conversas e informações durante muito tempo. Sei de um colégio - certeza absoluta - que ninguém sabe nem o que é extintor e que os mesmo ficam trancados a cadeado. Já avisei que vai dar m. mas ninguém me ouviu ainda. Outra mania que tem em Miracema é ficar colocando portão onde não se deve. Todos os colégios tem portão nas saídas e geralmente ficam trancados e nem sempre o responsável pela chave está por perto. Se acontecer um tumulto.... nem quero pensar. E as escadas? O fogão de um explodiu há uns dois/três anos. Lembro que o Estadual era todo aberto na saída. Agora tem uma divisória com uma porta comum. Como passa um monte de alunos por ela na hora do tumulto?

Anônimo disse...

KAVARI, eu tenho conhecimento da divisoria do COLÉGIO ESTADUAL. PERGUNTO: Custam perder um tempo com uma PALESTRA SOBRE OS SEUS CONHECIMENTOS? E se o EXTINTOR ESTIVER CHEIO. FEA maioria das vezes, não.

Anônimo disse...

O problema da ESCADA, no ultimo caso uma RAMPA.

Anônimo disse...

Pra mim isso chama-se falta de ação dos órgãos competentes. Cabe a eles providenciarem a fiscalização e exigências cabíveis para depois não tentarem remediar ou culpar os empregados... a corda sempre arrebenta do lado mais fraco.Afinal quem ganha pra fiscalizar e agir tá ganhando muito bem.

Anônimo disse...

MIRACEMA NÃO ESTÁ PREPARADA PARA UM CASO COMO ESSE, NEM BOMBEIROS TEMOS...ENQUANTO ISSO....DEIXA PRA LÁ...

Anônimo disse...

O MP VAI PEGAR TODO MUNDO

Anônimo disse...

sao jose e a melhor escola

Anônimo disse...

A BOATE LÁ EM SÃO PAULO, era muito boa também. " NÃO ESTAMOS DISCUTINDO A QUALIDADE DO ENSINO". O Dr. JOSÉ SOUTO frizou muito bem, no contúdo do texto.

Anônimo disse...

Tem muita coisa errada em Miracema. tem pessoas vendendo comidas no meio da rua sem autorização da Prefeitura e Vigilancia Sanitária. O que os orgãos público do Estado e do Município fazem? muitos estabelecimentos em Miracema vendem produtos sem a mínima higiene e não acontece nada. Quem sabe quando acontecer uma infecção em várias pessoas com mortes os órgãos públicos tomarão as providências. Aí já é tarde.